Estoque de Segurança: saiba como pode ajudar a gerenciar sua empresa

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Mergulhando um pouco na história da logística, poderemos encontrar um importante personagem da história mundial: Alexandre, o Grande. Mas como esse grande guerreiro e estrategista de guerras civis se encaixa nessa história? Com sua visão estratégica, Alexandre criou o mais móvel e rápido exército da época, trazendo inspiração para a evolução do conceito logístico nas empresas em todo o mundo. Com sua equipe de contramestres, ele montava armazéns, comprava suprimentos e os estocava, com o intuito de não faltar alimentos, remédios e munição na guerra. Com isso, surgiu o conceito de estoque.

 

Hoje, a grande dificuldade das empresas é gerenciar o estoque de maneira eficaz, de modo que não haja perdas por falta ou excesso de produtos. E quando o empreendedor começa a perder clientes, mercadorias e dinheiro, é hora de acender uma luz de alerta. Tudo isso é resultado de problemas de dimensão de estoques de segurança, que podem ser resolvidos por meio da determinação de um estoque mínimo que garanta o nível de serviço satisfatório para os consumidores. A seguir, veja como o estoque de segurança pode ajudar a gerenciar seu negócio.

 

Disponibilidade de produtos

Um estoque bem administrado ditará o sucesso ou fracasso do seu negócio. Um supermercado, por exemplo, precisa ter sua mercadoria básica sempre disponível para os clientes. Por oferecer uma gama de produtos perecíveis, o estabelecimento deve fazer um cálculo preciso do estoque de segurança. Mantendo esse tipo de estoque, o fluxo de vendas da empresa não será interrompido pelo típico problema de não possuir produtos disponíveis para suprir a demanda de um período sazonal, como datas comemorativas em que a busca por determinados itens aumenta.

 

Já uma loja de roupas de banho precisa atentar-se a certos períodos do ano, quando os níveis de venda poderão subir ou cair. É sabido que a procura por esses itens sobe significativamente em épocas em que a temperatura está elevada, aumentando a necessidade de repor o estoque. Já em meses com temperaturas baixas, não é viável a compra de novas mercadorias, visto que as vendas serão baixas. Em qualquer empresa, abastecer o estoque de forma adequada, anulando o risco de falhas, é um fator que colabora para a atração de clientes, que reconhecerão seu esforço em se manter atualizado.

 

Maior eficiência na reposição de estoques

Geralmente, a reposição de estoque da maioria dos e-commerces é realizada somente quando todos os produtos são vendidos. Isso gera um grande problema, principalmente em épocas em que a procura por produtos é maior, como no fim do ano. Nesses períodos, os fornecedores estão sobrecarregados. Como resultado, sua empresa perderá vendas e não lucrará na melhor época do ano.  

 

Para resolver esse problema, é preciso determinar uma quantidade de mercadorias em estoque, e quando os níveis atingirem esse valor, inicia-se o processo de compra junto aos fornecedores. Com isso, evita-se que o estoque chegue ao seu nível mínimo, ou seja, quando o estoque esteja sem produtos para se iniciar a reposição. Nesse caso, com o estoque de segurança, a reposição é feita enquanto se têm mercadorias no almoxarifado, e quando o pedido é entregue pelo fornecedor, os níveis de estoque ainda estão com produtos disponíveis.

 

O valor do estoque de segurança

Para determinar o valor do estoque de segurança, deve-se ter como base os lead time dos fornecedores e o nível de consumo dos produtos, calculando-se a necessidade em função dessas duas variáveis. Existem três maneiras de repor as mercadorias:

 

1. Reposição Periódica: a empresa analisa periodicamente os níveis de estoque e faz pedidos em função dos mesmos;

2. Reposição Contínua: a compra de produtos é contínua, ou seja, de forma ininterrupta;

3. Reposição por ponto de pedido: quando o estoque atinge determinado ponto, a empresa faz os pedidos de reposição, evitando assim as paradas na produção.

 

Possuir um estoque de segurança que garanta a disponibilidade de produtos e o prazo de entrega é fundamental, mantendo a qualidade do serviço e promovendo a satisfação do cliente.  

 

Você utiliza o estoque de segurança em sua empresa? Quais foram os benefícios gerados? Conte para a gente nos comentários abaixo!